70 anos da morte de Monteiro Lobato - IAP - Educação à Distância
16/04/2018 - 5:05

70 anos da morte de Monteiro Lobato

No dia Nacional do Livro Infantil, alunos aprendem mais sobre a história da literatura brasileira e a importância dos livros para a vida

Busca

IAPNEWS

Tags

 

Programa a “hora do conto” já acontece há 5 anos

Nesta quarta-feira, 18 de abril, é o dia Nacional do Livro Infantil. Instituída em 2002 (Lei 10.402/02), a data é uma homenagem ao escritor e ativista Monteiro Lobato. Entre os legados deixados na literatura infanto-juvenil, está a Menina do Narizinho Arrebitado, publicada em 1920. Em sua primeira obra foram apresentados personagens que, posteriormente, fizeram parte do Sítio do Pica-pau Amarelo. Este ano, completa 70 anos da morte do escritor. Em 2019, as obras do autor estarão disponíveis para domínio público (https://goo.gl/ez9nvL), portanto, acessíveis  na biblioteca do Governo Brasileiro (www.dominiopublico.gov.br).

Cenário da leitura no Brasil

A data é também um alerta, já  que a leitura é um dos desafios da educação brasileira. Dados divulgados na pesquisa Retratos da Leitura (Fev/2018) mostraram que  74% da população não comprou nenhum livro nos últimos cinco meses. Entre os que compraram livros, em geral por vontade própria, 16% preferiram o impresso e 1% o e-book. Outro ponto alarmante é que 30% dos entrevistados nunca comprou um livro. A pesquisa mostra ainda que para 67% da população, não houve uma pessoa que incentivasse a leitura em sua trajetória. Entre os leitores, mais de 33% que tiveram alguma influência. A mãe ou representante do sexo feminino, foi a principal responsável (11%), seguida pelo professor (7%).SOBRE A PESQUISAPESQUISA RETRATOS DA LEITURA NO BRASIL

A porcentagem é baixa, mesmo assim a escola detém uma parcela de influência sobre a responsabilidade de formar leitores. É por isso que as atividades promovidas pela biblioteca do IAP, são tão frequentes. De segunda-feira (16) à quarta-feira (18) os alunos da Ensino Fundamental I e II irão aprender mais sobre a história da literatura infantil brasileira na Hora do Conto especial. O momento na biblioteca infantil já faz parte da rotina, mas este ano a abordagem será diferente. “Por meio de encenações e histórias divertidas, mostramos para as crianças que os livros são especiais, não apenas nesta data, mas para toda a vida do aluno”, explica a bibliotecária Poliana Cristovam. As atividades, realizadas em parceria com o curso de Pedagogia,  serão realizadas nesses três dias entre 13h e 14h40.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up