Vigília e experiência sensorial marcam o início da Semana Santa no IAP - IAP - Educação à Distância
29/03/2018 - 4:34

Vigília e experiência sensorial marcam o início da Semana Santa no IAP

Os universitários participaram ativamente da segunda vigília do ano e os alunos da Educação Básica foram levados à Sala da Liberdade

Busca

IAPNEWS

 

Universitários se envolvem em programas espirituais. Esta é a segunda vigília do ano e a décima edição desde 2017

A semana iniciou com as ações da Capelania da Faculdade e Colégio. No último sábado (19) os alunos participaram da vigília universitária, realizada na nova quadra do complexo esportivo do Instituto Adventista Paranaense (IAP). O ambiente aberto e informal se tornou palco de discussões consistentes e encenações emocionantes. Quem assistia também participava – com louvor, encenação, perguntas e oração. É possível dizer que a programação foi conduzida por todos. Esta foi a segunda vigília do ano, mas somada às que foram realizadas em 2017, esta seria a 10ª edição. A proposta é auxiliar o aluno na consolidação da sua carreia e espiritual. “O jovem que estuda em uma instituição confessional cristã, não tem a sua fé confrontada tanto quanto estudantes cristãos em outras instituições. Isso o torna uma pessoa acomodada. Por isso, o que propomos aqui é o exercício e fortalecimento da fé, para que ele saiba em que crê”, explica o pastor Jonas Soares, capelão universitário.

Sala da liberdade

Colaboradores do IAP tiveram os olhos vendados e mãos amarradas, tudo isso para entrar na sala da Liberdade. Cerca de 600 pessoas vivenciaram a experiência.

No IAP Colégio, em ocasião da Semana Santa, foi montada a Sala da Liberdade, para que alunos e colaboradores do IAP possam ter uma experiência sensorial de liberdade em Cristo. Vedados e amordaçados, ao som de uma música, os participantes entravam em uma sala escura. O auxiliar de capelania, Roberto Junior, explica porque o departamento optou por promover experiências no lugar de capelas escolares. “Para que o aluno não somente ouça, mas vivencie a mensagem. Escolhemos falar menos e passar a vivenciar. Por esta ocasião as capelas foram substituídas por experiências práticas que os façam refletir”, contextualiza. Em sala de aula, os alunos assistiram ao filme Libertos, produzido pela Igreja Adventista, especialmente para a Semana Santa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up